• Admin

ARTIGO: Três razões por que os PMPs deveriam obter a Certificação PMI-PBA

Postado em 18 de Julho no Blog da Watermark Learning Autor: Andrea Brockmeier, PMP, CSM, PMI-ACP, PMI-PBA, BRMP

Tradução e adaptação: Rodrigo Neves, MSc, PMP, PMI-PBA

Você é um dos 18.000 profissionais de gerenciamento de projetos certificados (PMP) no Brasil (870.000 PMPs no mundo), e está pensando no seu próximo passo no desenvolvimento de carreira para se manter atualizado, se reinventar ou simplesmente refinar seus conhecimentos em uma área profissional de interesse?


Eu sugiro que o melhor para a maioria dos PMPs é pensar no Professional em Business Analysis do PMI, ou PMI-PBA®. Esta certificação do PMI mostrou um crescimento extraordinário desde que foi introduzida em 2014. O crescimento no mundo no ano de 2017-2018 foi de 79%, e o crescimento nos primeiros cinco meses de 2018 foi acima de 25%, ultrapassando de longe as outros certificações do PMI.


O PMI-PBA aborda a Análise de Negócios no contexto de Projetos e Programas, que é o principal, ou senão o único contexto em que as GPs fazem a análise de negócios. Especificamente, o exame se refere a tarefas relacionadas a tudo, da criação de um business case até a avaliação de

soluções, uma vez implementadas.


Abaixo estão três razões pelas quais os PMPs descartam a idéia de buscar seu PMI-PBA, e três contrapontos a essas razões:


Ponto #1: Eu não faço Análise de Negócios

Contraponto: Sim, você provavelmente faz.


Lembra de como era a sua prática de gerenciamento de projetos antes de buscar seu PMP? Eu aposto que não foi tão rigoroso ou disciplinado como foi depois que você conseguiu o seu PMP. O fato é que, quando você começa a aperfeiçoar sua compreensão do que é o trabalho da Análise de Negócios, você vai reconhecer as atividades que vem fazendo o tempo todo. É difícil reconhecer os limites das atividades do GP e do AN quando você não gastou tempo com as literaturas que ajudam nesse entendimento. E os Títulos/Cargos geralmente são de pouca ajuda para discernir quem está fazendo o quê.


O bônus de gastar tempo preparando-se para o seu PMI-PBA é que, ao aprender boas práticas de AN, você sai da preparação da certificação PMI-PBA com uma certificação, mas também um entendimento mais refinado do que essas práticas são e como usá-las. Dê uma olhada no Conteúdo do Exame PMI-PBA e veja se você não reconhece as coisas que você faz no seu trabalho de projeto.


O bônus adicional é que você também sai com uma compreensão refinada das práticas de GP. O delineamento do trabalho de GP e AN entra em foco, criando uma certeza sobre qual papel você está preenchendo e quando. Essa visão holística torna você mais eficiente ao preencher os dois papéis e faz de você um melhor parceiro profissional ao trabalhar com um AN.


Ponto #2: Não tenho tempo para fazer a preparação para outra certificação e para outra prova

Contraponto: o que você não tem tempo é para o desenvolvimento profissional sub-otimizado.


Você precisará ganhar 60 PDUs para manter o PMP atualizado e...boas notícias: o tempo de preparação do PMI-PBA contará PDUs para o PMP. Na verdade, essa é uma forma muito eficiente de desenvolvimento profissional.


Além disso, se você já passou pelo PMP, pode ser inspirador saber que aqueles que têm ambos PMP e PMI-PBA falam que o PMI-PBA é uma certificação de menor dificuldade. Mesmo assim são quatro horas de prova e cobrem muito material, então não estou sugerindo que é fácil ou que você não precisa levar isso a sério. Mas a experiência do PMP prepara você muito bem para o esforço do PMI-PBA, e se você já passou pelo PMP e tudo o que isso implica, o PMI-PBA será uma jornada de certificação mais fácil.


Ponto # 3: Preciso me concentrar na análise ágil e não na análise de negócios

Contraponto: Isso é verdade, e o PMI-PBA ajudará você a fazer isso. Não há necessidade de explicar a importância do Agile como parte do desenvolvimento profissional de todos. Mas o PMI-PBA é realmente uma ótima maneira de ampliar sua perspectiva sobre como aplicar suas habilidades relacionadas aos projetos em um ambiente Ágil.


Atualmente, tanto os ANs quanto os GPs de origens mais tradicionais estão tendo que traduzir suas habilidades em um ambiente Ágil. A maioria dos ambientes Ágeis procura especificamente as habilidades de Análise de Negócios da equipe, de forma a trabalhar com esta equipe e o Product Owner no refinamento e gerenciamento do backlog. As habilidades do GP são na maioria das vezes mais difíceis de serem vendidas. Certamente, as habilidades de GPs e ANs são necessárias e têm um lugar no Agile, e uma compreensão de onde essas disciplinas se cruzam e divergem é extremamente útil quando se considera como aplicá-las em um ambiente ágil.


© Watermark Learning, Inc. All rights reserved worldwide. Unmodified copies allowed.


Quer saber mais? Nossos produtos relacionados ao tema:

Abraço,

RBN Blog e Artigos Técnicos

32 visualizações
Telefone / Whatsapp:

+55 (31) 3879-6835

Envie-nos um

Whatsapp:

  • w-facebook
  • w-linkedin
  • Twitter Clean
  • w-youtube
  • Instagram - White Circle
  • Google+ - White Circle
SIGA a RBN:

© 2019 por RBN Consultoria e Treinamento - Brasil

RBN Treinamento e Capacitação Gerencial LTDA

R. Pelicano Frade 102, Belo Horizonte-MG

CNPJ: 11.065.791/0001-54

Entregas da LojaRBN: entre 3 e 14 dias no Brasil

RBN App Android